• Hoje: domingo, outubro 21, 2018

Vigilância Sanitária alerta sobre alguns cuidados na hora de procurar serviços de estética e beleza

alerta
Redação Rw News
junho01/ 2017

Quem utiliza os serviços de salões de beleza, estética, podologia e barbearias deve se atentar para alguns cuidados. Instrumentos não esterilizados corretamente podem transmitir fungos, bactérias, vírus das hepatites B e C e até o vírus transmissor da Aids.

Vale ressaltar que o vírus da hepatite “B” pode resistir por até três dias na superfície de objetos perfuro-cortantes, enquanto o vírus da hepatite “C” pode sobreviver de cinco dias até uma semana, razão pela qual mata sete vezes mais que a Aids.

Dicas sobre alguns cuidados:

Observe se os estabelecimentos que ofertam esses serviços têm a licença da vigilância sanitária e se cumprem a legislação da ANVISA:

Lixas de unha, lixas de esfoliação dos pés, e palitos de madeira não podem ser compartilhados;

As lâminas devem ser descartáveis, sendo estas utilizadas apenas em um cliente e não devem ser reaproveitadas;

Materiais para depilação também devem ser descartáveis, as ceras devem ser de uso único, as folhas depilatórias devem ser imediatamente descartadas após o uso;

Escovas e pentes devem ser higienizados após o término do uso de cada cliente;

Utilizar toalhas limpas a cada cliente;
Revestir com plásticos as bacias de pés e mãos e trocá-las a cada procedimento;

Esterilizar os alicates, espátulas e outros instrumentos de metal.

ATENÇÃO:

A ANVISA proibiu o uso de estufas, sendo determinado o uso de autoclave para o processo de esterilização. Fornos elétricos não esterilizam materiais de metal.

É recomendado aos usuários que utilizam os serviços de manicure e pedicure que tenham seu próprio “kit”, contendo alicate, espátula, lixa, palito, esmaltes e toalha.

Contatos para maiores informações e possíveis denúncias: (79) 3631-7814 e/ou 0800-073-1869.

Redação Rw News

Your email address will not be published. Required fields are marked *

big banner