• Hoje: segunda-feira, outubro 14, 2019

Tribunal de Justiça condena e cassa direitos políticos de Wanderlê Correia

IMG_20191011_202357
J. Sousa
outubro11/ 2019

O Tribunal de Justiça de Sergipe, manteve condenação por improbidade e cassa direitos políticos de Wanderlê Correia

Atendendo ação impetrada pelo Ministério Público do Estado (MPE), o Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) manteve a condenação de primeiro grau do ex-deputado estadual e ex-secretário de Obras de São Cristóvão, Wanderlê Correia (MDB), por improbidade administrativa. Ele havia sido condenado em primeira instância pelo juiz da Comarca de São Cristóvão, Manoel Costa Neto.

A decisão inicial, confirmada agora pelo Tribunal de Justiça, suspende os direitos políticos do ex-deputado por seis anos. Wanderlê Correia também foi condenado a ressarcir os danos causados ao erário público – valor que será apurado em liquidação -, além de multa correspondente ao dobro do valor do dano.

Além de Wanderlê, também foram condenados na mesma ação três pessoas da família dele: Josileide do Carmo Correia, Grazielle do Carmo Correia e Jonathan do Carmo Correia. O ex-secretário Robson Cardoso Araújo, que sucedeu Wanderlê na Secretaria de Obras, e a empresa Tafer Serviços e Construções LTDA também foram condenados.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) havia anulado a decisão do Tribunal de Justiça de Sergipe, que por sua vez tinha anulado a sentença de primeiro grau, e determinou que a apelação fosse julgada pelo TJ sergipano. Em nova decisão, o Tribunal de Justiça manteve a sentença do juiz Manoel Costa Neto.

A defesa de Wandelê Correia tentou um novo recurso para Brasília, mas não conseguiu fazer subir o Recurso Especial. Agora o TJ determinou a inscrição dele quanto à suspensão dos direitos políticos.

Eleição

Marcos, Jackson e Wanderlê em reunião no Palácio do Governo
Marcos, Jackson e Wanderlê em reunião no Palácio do Governo

Wanderlê Correia é uma das principais lideranças políticas de São Cristóvão. O prefeito Marcos Santana (MDB) foi eleito em 2016 com o apoio dele e de seu grupo político liderado pelo ex-governador Jackson Barreto (MDB). Os três são amigos de longas datas. Marcos deve disputar a reeleição com o apoio novamente de Wanderlê e Jackson.

Créditos: Hora News
Fotos: Divulgação

J. Sousa

Your email address will not be published. Required fields are marked *

big banner