• Hoje: domingo, dezembro 15, 2019

TJ/SE determina suspensão imediata da greve dos professores

protesto (1)
J. Sousa
novembro26/ 2019

Tibunal de Justiça de Sergipe acata pedido do governo do estado e determina suspensão imediata da greve dos professores

Na tarde desta terça-feira, 26, o desembargador Luiz Antônio Araújo Mendonça deferiu pedido protocolado pelo governo do Estado pela ilegalidade da greve dos professores deflagrada também nesta terça-feira.

De acordo com a decisão, a Justiça ordena que o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica da Rede Oficial do Estado de Sergipe (Sintese), suspenda o movimento paredista até julgamento final da presente demanda, sob pena de multa diária de R$ 10 mil em caso de descumprimento.

Em assembleia, na última quinta-feira, 21, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Sergipe decidiu parar as atividades em protesto a projetos de lei enviados pelo Poder Executivo à Assembleia Legislativa, que segundo a categoria extinguem o triênio, reduzem a carga horária e criam entraves para incorporação de gratificações para aposentadoria.

De acordo com a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), pelo menos 160 mil alunos de 338 escolas estaduais devem ser afetados pela paralisação, acontece faltando 20 dias para o encerramento do ano letivo.

O Governo do Estado, negou que os projetos retirem direitos dos professores. Informou que não há nenhuma intenção em nenhum projeto para retirada de triênio de professor e, muito menos, para diminuição do salário do professor em 40%. O Governo ainda se comprometeu a refazer o texto dos projetos, alterando pontos que o Sintese avalie como prejudiciais à categoria.

Créditos: Fan F1

J. Sousa

Your email address will not be published. Required fields are marked *

big banner