• Hoje: quarta-feira, abril 25, 2018

Taxistas de Aracaju querem migrar para lotação da zona sul

IMG_20180320_182037
Jair Gomes
março20/ 2018

Os trabalhadores de táxis-bandeira organizaram um ato na Câmara de Vereadores, nesta terça-feira (20), solicitando ao prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) uma conversa que viabilize a migração de alguns destes profissionais para desempenhar a função de lotação para os bairros da zona sul.

Hoje, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) classifica como ‘clandestinos’ os motoristas que prestam  serviço para os bairros da zona sul, como Santa Maria, Augusto Franco, Aeroporto e arredores, além de promover a fiscalização da atividade.

O presidente do Sindicato dos Taxistas de Sergipe (Sintax), Manildo Ramos, cobra uma resposta da Prefeitura de Aracaju. “Estamos aqui para pedir aos vereadores que pressionem o prefeito para nos receber e regulamentar o sistema. Segundo a SMTT, já está em fase de lançamento. Nossa reivindicação dura mais de 20 anos e não fomos atendidos. Os clandestinos atuam e há pouco combate. Queremos mostrar que estamos prontos”, garantiu.

Manildo Ramos critica clandestinos e quer conversa com o prefeito Edvaldo Nogueira. O sindicalista ressalta as dificuldades que os táxis-bandeira enfrentam no momento, por conta da popularização do transporte por meio de aplicativos. “Hoje temos taxistas passando necessidade por causa dos aplicativos e clandestinos. Chegamos a passar 18h, 20h para fazer duas corridas. Esse sistema vai ajudar muito a categoria. Vai ser menos bandeiras na rua e mais fazendo lotação. Nossa luta é importante por essa regulamentação”, destaca.

A assessoria de Comunicação da Prefeitura de Aracaju informar que após a reunião do prefeito Edvaldo Nogueira  com os representantes do Sindicato dos Taxistas, foi encomendado à Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) um estudo de viabilidade da linha de táxis especiais que atendesse a Zona de Expansão. A proposta segue em análise no órgão municipal de trânsito, que está levando em conta a demanda por esse tipo de transporte na região, os impactos no fluxo de veículos da área e uma possível incorporação desse sistema ao Plano de Mobilidade Urbana que começa a ser executado pela Prefeitura Municipal de Aracaju

Créditos: Victor Siqueira

Jair Gomes

Your email address will not be published. Required fields are marked *

big banner