• Hoje: sábado, janeiro 20, 2018

Suspeito preso de integrar facção criminosa não era empresário da banda Unha Pintada

FB_IMG_1512788627933
Redação Rw News
dezembro09/ 2017

O empresário Cícero de Santana, conhecido como Júnior Capeta, foi preso durante uma operação policial na cidade de Ribeira do Pombal, no nordeste baiano. Os meios de comunicação baiano divulgaram suas matérias vinculando o empresário Júnior Capeta à Banda Unha Pintada, fato esse que foi esclarecido por empresários da banda.

 

Capeta não é empresário da banda Unha Pintada, que já se apresentou em cidades da Região Metropolitana de Salvador.

 

Sobre a prisão

De acordo com investigação da Polícia Civil, além dele, mais sete pessoas, suspeitas de fazer parte da facção criminosa Bonde do Maluco (BDM), foram presas durante a Operação Bahia Integrada. Ainda segundo a polícia, além de assaltos e tráfico de drogas, o grupo, que tem ramificações em diversos municípios do estado, é acusado de diversos homicídios de membros de facções rivais.

 

Durante as buscas, foram apreendidos cerca de R$ 1,8 milhão, entre cheques, notas promissórias e cédulas; além de quatro veículos, sendo uma moto e três automóveis.

 

Os outros presos são José Marcos, vulgo Marquinho de Pombalzinho, Adeildo Alves, que atende por Morcegão; Alexssandro Santos, conhecido como Sandro do Cego; Marcelo Rocha, apelidado de Marcelo Cabeça; Antônio Carvalho, Tiago Conceição e Ednaldo Gama, o Naldinho.
NOTA PÚBLICA – Banda Unha Pintada

 

FB_IMG_1512786923679

 

A BANDA UNHA PINTADA, através dos seus representantes legais, ALDIRAN SANTANA OLIVEIRA, ALDÊNIO SANTANA OLIVEIRA E JOSÉ JUNIOR DE SANTANA OLIVEIRA, vem a público, informar que através das redes sociais e imprensa ficou sabendo que há uma matéria circulando que o empresário da Banda Unha Pintada na Bahia foi preso.

 

Diante disso, esclarece que a Banda Unha Pintada apenas vende os shows para pessoas físicas e jurídicas em vários Estados da federação, inclusive, Sergipe, Bahia e Alagoas. Dessa forma, tomamos como surpresa a prisão de Júnior Capeta, contudo, frise-se que ele não é empresário da banda.

 

Assim, repugna, veementemente, qualquer conotação com o nome da Banda ou tentativa de macular ou conectar a imagem com matéria veiculada sobre prisões no Estado da Bahia.

 

ALDIRAN SANTANA OLIVEIRA

Redação Rw News

Your email address will not be published. Required fields are marked *

big banner