• Hoje: terça-feira, janeiro 16, 2018

Sejuc garante à OAB fim das revistas vexatórias nos presídios

IMG-20170804-WA0038
Redação Rw News
agosto04/ 2017

Nesta sexta-feira, 4, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Sergipe, Henri Clay Andrade, juntamente com o secretário geral da entidade, Aurélio Belém, e o presidente da Comissão de Direitos Humanos, Robson Barros, participou de reunião na Secretaria de Estado da Justiça e de Defesa do Consumidor (Sejuc).

 

Recebida pelo secretário da pasta, Cristiano Barreto, a diretoria da Ordem apresentou algumas demandas da instituição. Entre elas o fim da revista vexatória nos presídios do Estado.

 

“Há uma solicitação por parte da OAB para acabar, dentro da unidade prisional terceirizada, com um sistema de revista considerada excessiva pelos advogados. Tais procedimentos devem ser superados com a implantação de uma tecnologia existente nas demais unidades prisionais, um aparelho de scanner corporal, previsto no novo contrato firmado com a empresa que administra o presídio do Complexo Penitenciário Antônio Jacinto Filho, localizado no bairro Santa Maria. A previsão é que até o final do mês este aparelho esteja instalado, pondo fim ao método de revista atual”, garantiu o secretário.

 

Parlatórios

 

Durante a reunião, a seccional também reivindicou a reativação dos parlatórios no Complexo Penitenciário Carvalho Neto (Compecan). Sobre essa questão, o secretário afirmou que é de interesse da Sejuc acatar com rapidez o pedido da Ordem. “Entendemos que é um pleito importante e significativo. A OAB, assim como as demais instituições do Estado, colabora diretamente com a administração prisional e a gestão da Secretaria de Justiça. Por este motivo, já agendamos uma visita ao presídio para verificar de que forma podemos atender imediatamente essa solicitação”, destacou Cristiano Barreto.

 

Para o presidente da OAB/SE, Henri Clay Andrade, o encontro foi positivo e mostrou a disposição da Sejuc em acolher os pleitos da Ordem. “Tivemos um diálogo aberto, franco e objetivo no sentido de resolver os problemas no sistema prisional e proporcionar melhores condições de trabalho para nós advogados. A OAB tem contribuído e vai continuar colaborando com a Sejuc para otimizar e dar maior funcionalidade ao sistema prisional”, frisou.

 

Na próxima terça-feira, 8, representantes da OAB farão uma visita ao Compecan para avaliar as futuras instalações dos cinco parlatórios que serão implantados na unidade prisional.

 

Redação Rw News

Your email address will not be published. Required fields are marked *

big banner