• Hoje: sábado, dezembro 14, 2019

Professores da rede estadual de ensino entram em greve por tempo indeterminado

IMG_20191126_132101
J. Sousa
novembro26/ 2019

Os professores da Rede Estadual de Ensino iniciaram nesta terça-feira, 26, uma greve por tempo indeterminado. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado de Sergipe (Sintese), as medidas do governo de Sergipe enviadas à Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) na última quinta-feira, 21, são fatores que contribuíram para a decisão, entre essas propostas estão: a retirada do triênio e a redução da carga horária por tempo de serviço.

Segundo a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), cerca de 160 mil alunos de 338 escolas estaduais devem ser afetados pela paralisação, que acontece faltando 20 dias para o encerramento do ano letivo.

Nota

O Governo do Estado enviou nota à imprensa se posicionando sobre a greve dos professores.

“Os projetos enviados a Assembléia Legislativa, não diminuem salários , nem retiram triênios de professores aposentados nem tampouco da ativa . Para acabar com qualquer interpretação por parte do Sintese, o governo vai mandar uma emenda que deixa o artigo da Projeto de Lei ainda mais claro

Faltam pouco mais 20 dias para a conclusão do ano letivo 2019. Uma greve neste momento prejudica principalmente o aluno . Pela primeira vez em pouco mais de 23 anos o calendário esta unificado em todas as escolas da Rede Estadual. Com previsão para férias em 20 de dezembro e retorno 10 de fevereiro 2020. A greve também prejudica o professor que ao invez de usufruir de suas férias precisarão repor aulas”.

Créditos: A8

J. Sousa

Your email address will not be published. Required fields are marked *

big banner