• Hoje: sexta-feira, dezembro 15, 2017

Por que ter dor nas costas é tão comum entre os ciclistas? Descubra!

c86ae9bf9d69e790910600aa8bced4fe_S
Redação Rw News
julho16/ 2017

Fisioterapeuta Raquel Castanharo fala sobre o problema que atinge de 30 a 60% dos praticantes de ciclismo e explica os principais fatores relacionados a essa lesão

 

A lombalgia (dor nas costas) é uma das queixas mais comuns entre praticantes de ciclismo. E estudos epidemiológicos apontam que esse problema acomete de 30% a 60% dos ciclistas. Veja os principais fatores relacionados a essa lesão:

 

– Postura na bicicleta

 

O ciclismo exige uma posição de constante flexão da coluna, principalmente quando o atleta assume uma postura que visa otimizar a sua aerodinâmica. No triatlo é onde se vê a maior flexão do tronco, seguida do ciclismo de estrada, e por último, a mountain bike. Essa postura em flexão aumenta a sobrecarga sobre os discos intervertebrais e ligamentos da coluna, o que pode levar à dor. O praticante do esporte precisa estar com a musculatura preparada para se manter por longos períodos nessa posição e procurar manter a melhor postura possível, sustentando a coluna dentro do possível.

 

– Ajuste dos componentes da bicicleta

 

A posição da coluna é diretamente relacionada ao ajuste da bicicleta, por isso é importante que ela respeite as peculiaridades corporais e de movimento de cada ciclista. Para isso, a realização de uma avaliação biomecânica, conhecida cbicicleta

fit, é bastente útil.

 

– Estabilidade de tronco e pelve

 

O ciclista precisa de força e estabilidade no tronco e na pelve. Isso faz com que as pernas tenham mais eficiência nas pedaladas sem sobrecarregar a coluna e também aumenta a proteção desse segmento que fica em uma situação de flexão e sobrecarga. Uma sugestão de exercícios que trabalham esses pontos são a prancha (ficar paralelo ao chão, de barriga para baixo, apoiando-se nos antebraços e pés) e a ponte (deitado de barriga para cima, com as pernas dobradas, elevar a pelve).

 

– Discrepância no comprimento dos membros inferiores

 

Uma perna maior do que a outra pode levar à dor nas costas em ciclistas. Uma intervenção possível é a colocação de um calço entre o taco e o solado da sapatilha.

 

– Volume e intensidade de treinamento

 

A lombalgia pode acontecer devido a um excesso de treinamento (overtraining), situação em que os limites do corpo são ultrapassados e não há tempo hábil para sua recuperação. Atentar-se para esses fatores relacionados à lombalgia pode reduzir o seu risco de ocorrência e melhorar casos já instalados.

 

Da Redação com Globo Esporte

 

Foto desta matéria: iStock Getty Images

 

Redação Rw News

Your email address will not be published. Required fields are marked *

big banner