• Hoje: domingo, junho 17, 2018

Pescadores de São Cristóvão protestam por liberação do seguro-defeso

20180228_185511
J. Sousa
fevereiro28/ 2018

Um grupo de pescadores de uma Colônia de Pesca do município de São Cristóvão (SE), protestaram nesta quarta-feira (28), na porta de uma agência do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), na zona sul da capital sergipana, para cobrar a liberação do seguro-defeso Camarão do ano passado.

Hfff
Foto: Cedida pelos manifestantes 

Pelo menos 700 trabalhadores ainda não receberam o benefício, uma assistência financeira temporária concedida aos pescadores profissionais artesanais que, durante o período em que a pesca é proibida, são obrigados a paralisar a sua atividade para preservação das espécies. O problema na liberação estaria acontecendo porque faltam digitadores no INSS de Aracaju, responsável pelo cadastramento.

“Dependemos desse dinheiro para sobreviver. O pior são as dívidas, as contas dos cartões para pagar. É a mesma situação para todos, e isso não existe. O presidente da Colônia se ofereceu para colocar funcionário para ajudar, mas negaram, e fica um jogo de empurra”, diz a marisqueira Maurina Oliveira, que trabalha no ramo há 13 anos.

Hoje, o gerente-executivo do INSS em Aracaju, Raimundo Brito, afirmou ao portal F5 News que existem 6.000 requerimentos para análise e liberação em fase de digitalização, além da análise dos 12.000 requerimentos do defeso Piracema. “Com muito esforço e trabalho da instituição, esperamos concluir a análise dos pendentes antes do início do próximo defeso, em primeiro de abril”, afirmou.

Com F5news

 

J. Sousa

Your email address will not be published. Required fields are marked *

big banner