• Hoje: sábado, janeiro 20, 2018

MTT de São Cristóvão planeja ampliar efetivo e frota em 2018

phpThumb_cache_www.saocristovao.se_.gov_.br_src6a3a96c7176d654a0a2b2508206d35be_par4539404c96bcf3e4a86e155de99cb917_dat1515066775
Redação Rw News
janeiro04/ 2018

Dentre os vários desafios que a gestão municipal terá em 2018, a questão do trânsito será um dos mais importantes haja vista o crescimento da cidade. Responsável por pensar e executar a mobilidade urbana em São Cristóvão, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) planeja a implantação de políticas voltadas para os diversos modais de transporte e a segurança no trânsito como concurso público, ampliação de ações educativas e da frota de veículos fiscalizadores.

 

diretora administrativa do órgão, Mônica Liberato,
Diretora administrativa do órgão, Mônica Liberato. Foto: Márcio Garcez

 

A diretora administrativa do órgão, Mônica Liberato, conta que 2017, embora tenha sido um ano para arrumação administrativa da Superintendência, alcançou bons resultados a exemplo do número de operações realizadas e abordagens. Foram 325 abordagens somente em transporte público, o que abrange táxis, transporte escolar, moto táxi e ônibus coletivos.

 

“Quando o prefeito Marcos Santana assumiu, a SMTT não tinha documentação, nem veículos e equipamentos. Não tinha condição de trabalho. Até a documentação de registro de atividades foi destruída. Encontramos as documentações, tanto de pessoal como de registro, rasgadas no fundo do prédio. Reformulamos escala de trabalho, conseguimos os carros. Apesar de ter sido um ano de planejamento, conseguimos atingir a meta: dar condição de trabalho e fazer o trabalho funcionar, tanto é que os números nossos alcançaram todas as expectativas”, informou.

 

Superintendente da SMTT-SC, Major J. Luiz. Foto:
Superintendente da SMTT-SC, Major J. Luiz. Foto: Márcio Garcez

 

Durante 2017, foram registradas 2.050 infrações, a maioria delas por não uso de capacete em motocicletas e estacionamento em local inadequado. De acordo com o levantamento do órgão, os meses que registraram mais infrações foram janeiro, fevereiro e março. “A falta de capacete em motociclista é algo comum no interior. Trabalhamos para conscientizar motorista e carona, uma questão de segurança. Além desse trabalho, atendemos solicitações para atuar em eventos particulares e religiosos, para ordenar o trânsito, fechar rua. Totalizamos 186 operações em eventos. Todas as demandas foram atendidas”, enfatizou o superintendente da SMTT/SC, Major José Luiz Ferreira dos Santos.

 

Foto:
Foto: Márcio Garcez

 

Para este ano, a SMTT planeja aumentar o atual efetivo de agentes de trânsito, ampliar a frota de veículos e executar política de ordenamento de trânsito, incluindo implantação de sinalizações de trânsito horizontal e vertical, de sistema binário, ampliar a fiscalização nos transportes públicos entre outros.

 

“Em 2018, vamos aplicar o planejamento que foi feito em 2017. Temos a previsão de concurso público, iniciando com processo de seleção para operadores de trânsito e depois para agentes. Aumentar a frota de veículos, que hoje é de quatro carros, adquirindo motos também. Temos o setor de engenharia que trabalha com estudos técnicos de circulação, projetos de adequação viária e de sinalização, tendo como meta a implantação desses projetos objetivando garantir a segurança no trânsito, bem como as solicitações da comunidade. Esse setor também tem um estudo de fluxo de pessoas na faixa de pedestre, para ver se aquela faixa é viável em determinado local, de semáforo. Temos alguns projetos prontos, que estão no processo de licitação para serem executados agora em 2018″, explicou José Luiz Ferreira dos Santos.

 

Na área de concurso, a SMTT (em parceria com a Universidade Federal de Sergipe – UFS) pretende modificar os abrigos de ônibus da sede e do Eduardo Gomes. Para isso, será proposto um ‘concurso de ideias’, no qual estudantes, supervisionados por profissionais das áreas de Arquitetura, Engenharia e Designer, apresentarão projetos de abrigos, os quais serão escolhidos por meio do voto da comunidade. O projeto vencedor será executado pela Prefeitura.

 

Ações educativa

Com o objetivo de formar motoristas e pedestres conscientes, a SMTT desenvolve ações educativas nas escolas do município. Em 2017, 31 unidades de ensino de São Cristóvão receberam peças teatrais educativas que abordaram temas como: discussão no trânsito, uso de cinto de segurança e respeito às sinalizações. No total, foram 60 ações e cerca de 5.200 pessoas atingidas.

 

Fotos: Márcio Garcez
Fotos: Márcio Garcez

 

“Os acidentes no trânsito estão entre as principais causas de morte no mundo. Nosso trabalho é preservar a vida e diminuir os índices de acidentes e mortes. As ações educativas da SMTT, as quais incluem as peças teatrais, objetivam formar futuros motoristas conscientes. É um trabalho lento, já que envolve mudança de comportamento. Cada adolescente que participa ou assiste a uma peça é um potencial reprodutor do conteúdo exposto”, afirmou Mônica Liberato. Em 2018, a meta é atingir todas as escolas da rede e envolver mais alunos no grupo de teatro do órgão.

 

Da Redação com Ascom/PM-SC

Redação Rw News

Your email address will not be published. Required fields are marked *

big banner