• Hoje: segunda-feira, outubro 14, 2019

Moradores reclamam de abandono de ginásio no bairro Rosa Elze

ginasio
J. Sousa
setembro23/ 2019

Na manhã da última sexta-feira, 20, um grupo de moradores do bairro Rosa Elze, em São Cristóvão, se reuniram para trazer à tona um problema que vem incomodando a população da localidade. Trata-se do ginásio de esportes que está abandonado desde a gestão passada. Eles procuraram o Programa Jornal da Fan para denunciar a situação.

Para o morador Ronaldo Santana, o atual prefeito de São Cristóvão não possui projeto para a juventude do município. Inclusive, esse ginásio abandonado já foi palco de grandes competições, a exemplo da Copa TV Sergipe de Futsal e também do Campeonato Estadual.

“A gestão passada soldou o portão e deixou abandonado. O atual prefeito chegou dizendo que ia mexer e já vai 2 anos e 9 meses. Nós temos um gestor arrogante, truculento e que não olha para o esporte. Enfim, o esporte no grande Rosa Elze está abandonado. Você vai no ginásio dos Pintos e está abandonado, a quadra do Rosa Elze está abandonada, a do Tijuquinha está abandonada. Infelizmente, no início da gestão ele disse que faria dois ginásios. Ele é o chamado gestor demolidor, ele quer demolir prédios públicos”, afirma o morador.

Em resposta às reclamações, o assessor da Prefeitura de São Cristóvão, Orácio de Oliveira, afirmou se tratar de antecipação política e informou que o prefeito tem outros projetos para o esporte no município de São Cristóvão.

“Quando se aproxima o período pré-eleitoral, umas figurinhas carimbadas começam a aparecer como donos da verdade. Ronaldo Santana não é um simples morador, é um cabo eleitoral de uma pré-candidata que vive o tempo todo nas redes sociais fazendo campanha para uma política antecipada de 2020. Eu acho que ele precisava se identificar como cabo eleitoral e dizer que o objetivo dele é político”, acusou o assessor.

Segundo ele, ao assumir o comando da gestão, o prefeito Marcos Santana encontrou o ginásio fechado e na Secretaria não havia nenhuma referência sobre as obras do ginásio, sequer projeto e responsável técnico. ““Nós não podemos, em pleno século XXI, com dez órgãos de controle que fiscalizam as gestões municipais reformar um prédio público que não tem nenhum projeto arquitetônico”, disse Orácio.

Apesar disso, segundo o assessor, o prefeito esteve em Brasília e conseguiu recursos da ordem de R$ 2 milhões, através do deputado federal Fábio Reis, para a construção de um ginásio de esportes dentro das dimensões da Confederação Nacional de Futsal. Ainda segundo o assessor, no início de outubro o gestor entregará a nova quadra de esportes do Alto da Divinéia.

Com relação ao destino deste ginásio do Rosa Elze, a pretensão da Prefeitura é de transformá-lo em um grande barracão cultural para a comunidade.

J. Sousa

Your email address will not be published. Required fields are marked *

big banner