• Hoje: terça-feira, setembro 25, 2018

Governo de Sergipe investe mais de R$ 69 milhões em obras de escolas em 2017

709eb7e92c5b654d112f600b7da27c72
Redação Rw News
dezembro26/ 2017

Apenas em 2017, com recursos do Tesouro Estadual, estão sendo investidos quase R$ 70 milhões em obras de construção, reforma e ampliação de unidades escolares e quadras poliesportivas da rede estadual de ensino para beneficiar alunos, professores e servidores da Educação em todas as regiões do estado

 

Ao iniciar, na última segunda-feira, 18, a execução do projeto de reforma completa do prédio escolar do Colégio Estadual Manuel Bomfim, no município de Arauá, resultado de um investimento de quase R$ 1,5 milhão, o Governo de Sergipe beneficia diretamente mais de 800 estudantes, professores e servidores da escola e reafirma seu compromisso com a melhoria da qualidade do ensino público ofertado nas 354 unidades escolares da rede estadual de ensino. No total, somente neste ano, estão sendo investidos R$ 69.077.518,96 em obras de infraestrutura física nas escolas estaduais e na construção de novas unidades escolares.

 

Cumprindo com rigor o seu Plano Estratégico (PES) 2015-2018, a Secretaria de Estado da Educação (Seed) tem aplicado um montante significativo de recursos financeiros para ofertar infraestrutura qualificada e necessária ao bom funcionamento dessas escolas, um dos compromissos do PES, que pretende até o final de 2018 contemplar todas elas com obras de manutenção, recuperação e modernização de suas estruturas e mais instalações.

 

Apenas em 2017, já foram concluídas 16 obras de reforma completa de escolas, como a recém-iniciada no “Manuel Bomfim”, resultado de um investimento de R$ R$ 5.298.996,39, feito em benefício das comunidades escolares na qual estão instaladas essas instituições de ensino.

 

“Além destas obras, ao custo de mais R$ 11.948.387,93, estão em fase de execução outros cinco projetos de reforma completa de escolas, como o do Centro de Excelência Atheneu Sergipense, iniciado no último dia 23 de outubro e no qual estão sendo investidos mais de R$ 6,8 milhões. Quando concluídas, essas obras irão beneficiar diretamente mais de 3.000 estudantes”, destaca o secretário de Estado da Educação em Exercício, professor Everton Siqueira.

 

O Colégio Estadual Augusto Franco, a única unidade escolar que oferta ensino de nível médio no município de Pedra Mole, é uma das 16 unidades escolares reformadas este ano pelo governo estadual, para requalificação de sua estrutura e modernização de suas instalações, e foi reinaugurado oficialmente pelo governador do Estado, Jackson Barreto, e pelo secretário estadual de Educação, Jorge Carvalho, no último dia 11.

 

“Para os filhos de Pedra Mole que aqui estudam, o governo está entregando neste ato uma escola com acomodações dignas e de qualidade, totalmente reformada e com mais benefícios para a comunidade escolar local, que passa a contar agora com rede de internet livre, via sinal aberto de WIFI e um moderno laboratório de informática”, disse o secretário Jorge Carvalho, na cerimônia de inauguração, ao destacar alguns dos novos serviços que a Seed disponibiliza nesta unidade escolar.

 

Para realizar esta obra e proporcionar aos pouco mais de três mil habitantes do município de Pedra Mole, no Território Agreste Sergipano, uma escola pública moderna, com oferta de ensino qualificado, o Governo de Sergipe, por meio da Seed e da Companhia Estadual de Habitação e Obras Públicas (Cehop), investiu R$ 530.000,00 na reestruturação física do prédio escolar do Colégio “Augusto Franco”.

 

Com obras em todas as regiões do Estado, em abril deste ano o governo estadual reinaugurou a Escola Estadual Hermínia Caldas, em Nossa Senhora do Socorro, e o Colégio Estadual José Guimarães Lima, no município de Telha. Juntas, estas intervenções somam mais R$ 1 milhão em investimentos feitos com recursos do Tesouro Estadual.

 

“Com essa reforma a escola ficou bem melhor que antes. Agora temos um lugar mais agradável para estudar, como esse laboratório de informática. Estou no 7º ano do ensino fundamental e vou continuar estudante até o 9º ano”, disse sorridente a aluna Ane Beatriz, já utilizando os equipamentos da sala de informática da Escola “Hermínia Caldas”.

 

Aos 13 anos, Rubens Ravel está cursando também o 7º ano nessa escola e, em nome dos colegas que o acompanhavam, agradeceu publicamente ao governador Jackson Barreto no ato da inauguração pelas obras feitas na escola em que estuda. “Moro aqui perto e vou pedir aos meus pais para poder continuar estudando aqui até terminar o ensino fundamental. A escola ficou linda”, disse o estudante.

 

“Antes não tínhamos essa sala de informática e nossa biblioteca era bem menor. A escola ficou mais bonita e faço gosto de estudar aqui”, disse Valéria Santos, aluna da 2ª série do ensino médio no estadual “José Guimarães Lima”, após conhecer todas as novas dependências do colégio. Tão entusiasmado quanto Valéria, o jovem Davi Freitas, aluno do ensino fundamental maior também aprovou a reforma feita no colégio em que estuda. Para ele, “mesmo sendo uma escola pequena, porém, ver tudo assim novinho é mais agradável para nós estudarmos”, salientou.

 

Escolas de tempo integral

Na execução de obras e serviços para melhoria da infraestrutura física, em todos os 17 centros de excelência que aderiram ao Programa Estadual de Ensino Integral – Escola Educa Mais, apenas de janeiro a julho deste ano, o Serviço de Edificações Escolares (Sedes/Seed) já aplicou mais de R$ 770 mil.

 

Com estes recursos, foi possível promover serviços como a adequação de cozinhas e refeitórios, a construção de casas de gás, a revisão de instalações elétricas e hidrossanitárias e a reforma de vestiários dessas unidades escolares que ofertam ensino médio em regime de tempo integral. Outras sete unidades continuam recebendo serviços de melhorias, o que fará com que os valores investidos esse ano, com esta finalidade, cheguem a aproximadamente R$ 1 milhão.

 

Ensino profissionalizante

Segundo explica o professor Everton, o governo estadual tem investido também na construção de novas unidades escolares para ampliar a rede estadual de ensino, como o Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Berila Alves de Almeida, instalado no município de Nossa Senhora das Dores, entregue à comunidade escolar da regiãoem março deste ano, resultado de um investimento superior a R$ 11,5 milhões (R$ 11.564.067,10).

 

“Esta nova unidade escolar da Seed já iniciará 2018 ofertando ensino profissionalizante aos jovens do Território do Médio Sertão Sergipano, no eixo tecnológico de Agroindústria, para aproveitar a vocação econômica da região, onde se destaca a pecuária e a produção leiteira. O centro profissionalizante está com as matrículas abertas para o curso técnico de nível médio em Agroindústria, que está sendo ofertado inicialmente na forma integrada, aquela na qual o estudante cursa o ensino médio ao mesmo tempo em que aprende uma formação técnica”, ressalta o secretário de Educação em Exercício.

 

Novas unidades escolares

Ao citar os investimentos financeiros do Governo de Sergipe na edificação de novos Centros Estaduais de Educação Profissional (CEEP), o professor Everton Siqueira destacou ainda que estão em fase de final de construção outras três unidades do mesmo porte do “Berila Alves de Almeida”, instaladas nos municípios de Nossa Senhora do Socorro, Umbaúba e Indiaroba, que, juntas, totalizam mais de R$ 24,2 milhões, aplicados na interiorização da oferta de ensino profissionalizante.

 

De acordo com a diretora do Departamento de Educação da Seed, professora Gabriela Zelice, a proposta do governo estadual é atender à demanda do mercado local por mão de obra especializada e, por esse motivo, cada CEEP foi planejado levando-se em consideração as vocações e os arranjos econômicos de sua região.

 

Ao investir planejadamente na construção de novas unidades escolares, o Governo de Sergipe promoveu um ato histórico, no último dia 5 de maio, ao entregar à população sergipana a 1ª escola de ensino técnico em área de assentamento da reforma agrária no país: o Centro Estadual de Educação Profissionalizante (CEEP) Dom José Brandão de Castro, unidade de ensino da Rede Pública Estadual que oferta cursos técnicos de Agropecuária e de Agroindústria.

 

O Centro Dom Brandão está localizado no assentamento de reforma agrária ‘Queimada Grande´, no município de Poço Redondo. Esta unidade, após um investimento de R$ 7 milhões, recebeu novas edificações, passou por uma série de melhorias em sua infraestrutura e beneficia mais de 400 alunos, em sua maioria filhos de trabalhadores rurais assentados, acampados, agricultores familiares, posseiros, indígenas, quilombolas e ribeirinhos.

 

Obras de pequeno custo

Além de reformas amplas, a Seed promove nas unidades de ensino da rede estadual, em caráter emergencial, serviços de recuperação e manutenção preventiva, conforme explica a diretora do Serviço de Edificações Escolares da Secretaria de Estado da Educação, arquiteta Ticiana Barreto.

 

“Apenas este ano, 134 unidades de ensino foram atendidas com serviços de recuperação e manutenção preventiva, representando um investimento de R$ 6.146.903,77. Atualmente, 42 escolas estão com serviços em andamento e para 2018 serão destinados mais R$ 9.000.000,00 para essas obras e serviços de pequena monta”, afirmou Ticiana.

 

Construção de quadras poliesportivas

Para fomentar a prática de atividades físicas e de esportes nas escolas da rede estadual em local apropriado, a Seed concluiu este ano a execução de cinco projetos de construção e reforma de quadras esportivas em unidades escolares, resultado de um investimento de R$ 2.748.741,99, que beneficia estudantes em todas as regiões do Estado. Mais R$ 5,6 milhões serão investido ainda para executar outros oito projetos de reforma e/ou construção de quadras poliesportivas, que se encontram atualmente em processo licitatório.

 

“Ao entregar a construção da quadra poliesportiva do Colégio Estadual João XXIII, no mês de maio, o governo Jackson Barreto cumpriu mais uma promessa assumida junto aos estudantes que, em uma solenidade de inauguração das obras de reforma de uma outra escola aqui no município de Ribeirópolis, solicitaram a construção deste espaço e foram atendidos pelo governador”, afirmou o secretário Jorge Carvalho, ao frisar que a nova quadra servirá também à comunidade local.

 

Representante do movimento estudantil e dos alunos do grêmio escolar do João XXIII, o diretor da UBES (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas), Ângelo Márcio, ressaltou que a construção de uma nova quadra no “João XXIII” é uma demonstração do compromisso do governo com a oferta de ensino de qualidade, “pois esporte também é educação”. “Hoje é um dia muito feliz para toda estudantada de Ribeirópolis. O governador se comprometeu com os estudantes e hoje realizou o compromisso assumido ao entregar mais esta obra”, comemorou o líder estudantil, no ato da inauguração.

 

“Ao concluir e entregar às comunidades escolares quadras poliesportivas, o governo favorece o desenvolvimento do esporte escolar nas unidades de ensino da rede estadual, e contribui, com mais um espaço para realização de disputas esportivas, para a interiorização dos Jogos da Primavera, maior evento escolar esportivo de Sergipe, realizados anualmente pela Seed”, destaca a diretora do Departamento de Educação Física.

 

PES

O Plano Estratégico (PES) 2015-2018, da Secretaria de Estado da Educação (Seed), estabeleceu sete compromissos e 51 metas a serem cumpridas, com vistas a melhorar a qualidade do ensino ofertado nas 354 unidades escolares da rede pública estadual.

 

Da Redação com ASN

Redação Rw News

Your email address will not be published. Required fields are marked *

big banner