• Hoje: domingo, julho 21, 2019

Governo concede licença para projeto que gerará mais de 640 empregos em Sergipe

f7d6e1ad9f1d0086302e6f617d8ab4ab6547445271176026615
J. Sousa
janeiro23/ 2019

O investimento, no valor total de R$ 310 milhões, sendo R$ 210 milhões só em Sergipe

O governador Belivaldo Chagas, ao lado da vice-governadora Eliane Aquino, realizou a entrega da licença ambiental para instalação do Bloco II do empreendimento da Linhas de Energia do Sertão Transmissora (Lest). O projeto irá abranger os estados de Sergipe, Pernambuco e Alagoas. O investimento, no valor total de R$ 310 milhões, sendo R$ 210 milhões em Sergipe, possibilitará a geração de mais de 600 empregos diretos no estado.

Serão 198 km de linha de transmissão de energia, sendo 160 km em Sergipe, ligando a subestação Xingó à Jardim. Belivaldo reforçou o pedido para a priorização da mão de obra local nos serviços de implantação das linhas em Sergipe.

“Nossa expectativa é que a empresa dê prioridade ao cidadão sergipano para realização da obra. Quando se trata de mão de obra qualificada em uma área específica, a gente até entende que se busque lá fora, mas, no geral, temos trabalhadores de sobra aqui em Sergipe para atender a demanda que o investimento necessita”, afirmou.

O governador também destacou a importância do investimento para o desenvolvimento do estado e do Nordeste. “Apesar das dificuldades, o que não nos falta é a fé e coragem de trabalhar para que investimentos venham a acontecer no estado. Do que depender do Estado de Sergipe, estaremos todos à disposição da Lest nessa grandiosa obra. Esse investimento, além de ser importante para o escoamento de energia em Sergipe e no Nordeste, também fortalece nossa economia à medida que envolve mais de R$ 200 milhões em recursos que circulam e fazem gerar empregos direta ou indiretamente”.

A fase de implantação da linha tem início previsto, de fato, para abril deste ano e finalização para abril de 2020. O diretor da Lest, Vagner Serrato, aproveitou a ocasião para entregar uma placa simbólica referente à pedra fundamental de instalação da linha de transmissão Xingó-Jardim.

Segundo Serrato, a implantação da linha Xingó-Jardim é importante porque melhora a qualidade da energia para região de Aracaju. “Haverá mais oferta de energia e de qualidade para o consumidor final”.

O diretor enfatizou que a parceria do governo de Sergipe foi fundamental para a agilidade nos processos de autorização legal da obra e que, assim como pedido pelo governador, a empresa irá priorizar oportunidades para os trabalhadores de Sergipe durante o período da obra.

“Esse empreendimento tem um diferencial, no qual a gente priorizou o desenvolvimento de mão de obra local e apoio às comunidades carentes. Um diferencial que ajudou na obtenção dos licenciamentos tanto daqui quanto do Ibama. A gente tem uma previsão de que o empreendimento fique pronto até 2020 e, para que isso ocorresse, precisava desse compromisso do governo. O governador nos entendeu e se comprometeu”, expôs Vagner Serrato.

O superintendente do Banco do Nordeste (BNB) em Sergipe, Antônio César Santana, explicou que a Instituição financiará o empreendimento em Sergipe. “Esse momento representa a somação de vários atores no objetivo de desenvolvimento do nosso estado. Parabenizo o governador Belivaldo, a Adema e sua equipe pela celeridade do processo. Quando os vários atores se unem no objetivo de desenvolver o nosso estado, esse processo dá certo. Estamos todos de parabéns, porque estamos atingindo nosso objetivo, de fomentar a região, fomentar o estado com esta obra estruturante. Não tenho dúvidas que esse vai ser um projeto exitoso e que irá trazer geração de emprego e renda para o nosso estado”, acrescentou Santana.

O projeto também é fundamental para o escoamento da energia que será produzida na Termelétrica de Sergipe.

Via ASN

J. Sousa

Your email address will not be published. Required fields are marked *

big banner