• Hoje: terça-feira, outubro 16, 2018

Equipes assistenciais do Samu recebem novo fardamento

images (43)
Redação Rw News
janeiro09/ 2018

Novos macacões e botas estão sendo entregues aos 800 profissionais da área assistencial do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), em Sergipe, órgão gerenciado pelo Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da saúde (SES). O fardamento estará sendo entregue até o próximo dia 14, aos médicos, enfermeiros, condutores de veículos de urgência, técnicos e auxiliares de enfermagem, sendo disponibilizado duplamente aos que possuírem dois vínculos empregatícios.

 

IMG-20180109-WA0073

 

Segundo Elian Santiago, apoio técnico de logística do Samu, em Sergipe, para adquirir os materiais os trabalhadores deverão se dirigir ao auditório do Núcleo de Educação Permanente (NEP), que fica localizado na base descentralizada do bairro Siqueira Campos, zona oeste de Aracaju. As entregas estão sendo feitas de segunda a sexta-feira e também nos finais de semana.

“Iniciamos a distribuição de macacões e botas no último dia 8, sendo a segunda etapa desse processo destinada à disponibilização de camiseta, boné e óculos de proteção, que ocorrerá no segundo semestre deste ano. A última entrega de fardamentos, sendo camisa e moletom, foi realizada ano passado, contemplando assim profissionais da área administrativa do Samu. As entregas de botas feitas às equipes assistenciais, por sua vez, estão sendo feitas paulatinamente, de acordo com as demandas surgidas”, explicou Elian.

Acordo Coletivo

A entrega de fardamentos aos 800 profissionais do Samu em questão é resultado de um acordo coletivo assinado em 21 de novembro de 2011, entre a SES, Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) e dirigentes de sindicatos profissionais da área da saúde. A ação foi resultado da Mesa de Negociação Permanente do Sistema Único de Saúde (SUS), em Sergipe, coordenada pela SES.

O acordo coletivo foi produzido a partir de um combinado entre os gestores e os trabalhadores da saúde diante daquilo que as categorias apresentaram como melhoria das condições de trabalho, junto com o que os gestores consideraram possível de ser atendido, mas sempre tendo como determinante a maneira como os acertos iriam contribuir para qualificar o atendimento aos usuários do SUS.

Valorização profissional

Elian Santiago destaca também que, além de instrumentalizar trabalhadores do Samu, a entrega de fardamentos ainda visa instigar o sentimento de valorização profissional pelos serviços prestados no âmbito da assistência pré-hospitalar móvel de urgência. “As equipes estão elogiando bastante a qualidade do material distribuído, o que tem elevado a auto-estima das categorias contempladas. Os materiais entregues ainda se destinam à proteção individual dos mesmos, componente de extrema importância para minimizar a exposição aos riscos ocupacionais específicos”, esclareceu a apoio técnico de logística do Samu.

Redação Rw News

Your email address will not be published. Required fields are marked *

big banner