• Hoje: segunda-feira, outubro 14, 2019

Em São Cristóvão, moradores reclamam de obstrução de córrego 

71730800_3054467668112669_2705059038260887552_n
J. Sousa
setembro30/ 2019

Moradores da Av. Irineu Neri que fica localizado no centro do município, passaram a ter problemas após, segundo eles, um córrego ter sido obstruído. O problema envolve moradores, funcionário da prefeitura e a prefeitura já que se trata de obra em via pública e interrupção de córrego de água pluvial.

Como era a rua antes da obra  , como ficou vc tem o vidio.
Rua antes da obra realizada – Foto: João dos Santos Leal

Moradores chamaram à Rw News para apresentar suas reclamações sobre um córrego que foi, segundo eles, obstruído por uma obra feita por um funcionário da prefeitura. Um `Termo de Declarações` foi protocolado por João dos Santos Leal, junto à Procuradoria Geral de Justiça do Estado de Sergipe. No `Termo de Declaração` João, conhecido popularmente como Peninha, disse que na sua rua existem dois bueiros que conduzem a água da chuva direto para maré, e que um bueiro fica em frente da casa da avó do senhor Rafael (funcionário da secretaria de obras da prefeitura municipal de São Cristóvão), e o outro fica em frente da casa do senhor Rafael. Ainda segundo João, o bueiro passa por baixo da residência do senhor Rafael, que, inclusive, construiu atualmente uma garagem sobre o mesmo. João denuncia que com a construção da garagem, o escoamento diminuiu e agora escoa até o outro bueiro.

Essa é  eles trabalhando  recebendo   a visita  de Valmir   falando que feria a lei da acessibilidade.
Funcionários da prefeitura trabalhando. Na imagem ver-se o represntante do IMBA, Valmir que segundo João, informou que a obra feria a lei de acessibilidade –  Foto: João dos Santos Leal.

João falou ao portal Rw News, que a ADEMA, o IMBA e outros órgãos ambientais têm conhecimento do fato e que não é área de preservação ambiental. João disse ainda que já foi provado isso.

 

A Rw News entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura Municipal de São Cristóvão, a mesma informou que a questão já este está na justiça, e que a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SEMSURB), fez um serviço de escoamento pela calçada, mas o morador não gostou e queria modificações. Ainda segundo a assessoria, a ação atende sim um engenheiro da SEMSURB, mas não atende-lo e sim como obra de contenção de águas pluviais.

A assessoria disse ainda que há a informação de uma questão ambiental na casa do morador que aterrou o mangue. A questão das águas pluviais inclusive está na justiça e estamos respondendo com a questão ambiental.

Já em resposta dada pela Procuradoria Geral do Município à Ministério Público, a prefeitura alegou as alegações do morador não são verdadeiras e que seria o único responsável por realizar “ilegalmente” construção sobre o córrego da localidade, obstruindo, com isso, o canal natural responsável pelo escoamento das águas pluviais.

A Rw News esteve no local e registou que realmente onde existia um córrego, hoje só existe uma passagem pequena para o escoamento da água pluvial, e que um rego foi feito começando em frente à casa do senhor Rafael terminando no outro córrego. O problema agora segue aguardando um parecer da justiça. A Rw News ouviu outros moradores que relataram os mesmos problemas denunciado por João.

 

J. Sousa

Your email address will not be published. Required fields are marked *

big banner