• Hoje: segunda-feira, setembro 23, 2019

Conselho Tutelar de São Cristóvão tem energia cortada

IMG_20190821_144434561
J. Sousa
agosto21/ 2019

A sede do Conselho Tutelar do 1º Distro, teve o fornecimento de energia interrompido na tarde desta quarta-feira (21).

Funcionários da concessionária Energisa efetuando o corte no fornecimento de energia elétrica da sede do Conselho Tutelar do 1º Distrito - Foto: J. Sousa.
Funcionários da concessionária Energisa efetuando o corte no fornecimento de energia elétrica da sede do Conselho Tutelar do 1º Distrito – Foto: J. Sousa.

A suspeita é que o corte no fornecimento de energia tenha sido por inadimplência por parte da prefeitura. O corte no fornecimento de energia ocorreu por volta das 14h30 quando funcionários da concessionária Energisa estiveram no local e realizaram o desligamento do fornecimento de energia da sede do Conselho Tutelar do 1º Distrito que fica localizado à Rua Ivo do Prado no centro do município.

Sede do Conselho Tutelar do 1º Distrito localizada à Rua Ivo do Prado no centro do município - Foto: J. Sousa
Sede do Conselho Tutelar do 1º Distrito localizada à Rua Ivo do Prado no centro do município – Foto: J. Sousa

O caso deve ser bastante sério, visto que o contador da energia elétrica foi levado pelos funcionários.

Funcionários da concessionária Energisa levaram o medidor de energia - Foto J. Sousa
Funcionários da concessionária Energisa levaram o medidor de energia – Foto J. Sousa

Sem energia, ar-condicionado, água e sem condições dignas de trabalho, os conselheiros vivenciam o descaso com um órgão, que deveria ser bem aparelhado para poder dar às condições necessárias para que os conselheiros tutelares pudessem desempenhar suas funções com o conforto, que por exemplo, tem o alto escalão da prefeitura.

A Rw News vem mostrando o descanso e a falta de compromisso por parte da prefeitura municipal de São Cristóvão. Fotos registradas hoje, por J. Sousa, mostram que além da falta de energia, outros problemas ainda continuam na sede.

Assentos que ficam na recepção da sede do Conselho Tutelar do 1º Distrito. Sem às mínimas condições de uso - Foto: J. Sousa
Assentos que ficam na recepção da sede do Conselho Tutelar do 1º Distrito. Sem às mínimas condições de uso – Foto: J. Sousa

Quem necessita de aconselhamento ou prestar uma denúncia, ou ainda, ter amparo junto ao órgão, são obrigados a ter que sentar em cadeiras danificadas.

Assentos que ficam na recepção da sede do Conselho Tutelar do 1º Distrito. Sem às mínimas condições de uso - Foto: J. Sousa
Mais assentos que ficam na recepção da sede do Conselho Tutelar do 1º Distrito. Sem às mínimas condições de uso – Foto: J. Sousa

Nenhuma das salas dispõe de ar-condicionado. Para atendimento ao público os conselheiros tutelares utilizam ventiladores.

Sem água
No momento em que as fotos foram tiradas na sede do Conselho Tutelar do 1º Distrito, não havia água disponível para consumo – Foto: J. Sousa

Até água não tinha na hora em que J. Sousa esteve no local. Água só se comprar, é o que deixou transparecer a triste situação.

Piso
Anda há as rachaduras no piso. Não só na recepção mas em outros pontos da sede – Foto: J. Sousa

O piso continue com rachaduras em vários pontos.

Ventilador
O ventilador da sala de reunião está sem a grade de proteção- Foto: J. Sousa

O ventilador da sala de reuniões, antes local em que mais parece uma cozinha, está com armengo na fiação e sem a grade de programação.

Armengo
Há armengos na fiação elétrica do ventilador da sala de reunião – Foto: J. Sousa

Em tempo, a Prefeitura de São Cristóvão investiu em diversos aluguéis de casas para aportar diversas secretarias, mas deixou que a Energisa interrompesse o fornecimento de energia elétrica da sede do Conselho Tutelar.

J. Sousa

Your email address will not be published. Required fields are marked *

big banner