• Hoje: quinta-feira, agosto 16, 2018

Campanha de Bem-Estar Animal é levada a São Cristóvão

IMG_20180305_085822
J. Sousa
março05/ 2018

A cidade histórica de São Cristóvão foi a escolhida para sediar a III Campanha de Bem-Estar Animal no último sábado (03), que teve como objetivo orientar tutores quanto aos cuidados com seus pets, além de promover a desverminação e aplicação de carrapaticida nos animais que foram avaliados por médicos veterinários. A ação foi uma iniciativa da vereadora Kitty Lima (Rede) em parceria com a ONG Anjos de Um Resgate, e com o apoio da prefeitura do município.

A escolha da cidade para receber a primeira campanha realizada fora da capital sergipana não foi à toa. São Cristóvão é uma das muitas cidades do estado que possui um alto índice de animais em situação de rua e que ainda não possui politicas públicas voltadas à causa animal.

“Eu recebo muitos pedidos de ajuda aqui dos protetores independentes de São Cristóvão, e foi a partir dessa demanda que percebemos a necessidade em trazer essa campanha para a população, que precisa ser orientada quanto aos cuidados com os animais, a importância de castrá-los para o controle populacional e de zoonoses, além de esclarecermos sobre o combate aos maus-tratos contra os animais. A população atendeu ao nosso chamado e está se mostrando bastante interessada em apoiar a iniciativa e, principalmente, a causa animal”, comemorou Kitty.

Para atender os animais, uma equipe composta por três veterinários e quatro estagiárias do 4° e 9° período do curso de medicina veterinária realizou as avaliações médicas nos animais e orientou os tutores quanto a alimentação, higiene e os tratamentos clínicos aos pets.

“Essa é uma iniciativa que possui um valor social enorme, não apenas para os animais, como também para toda a população e para o município. O que podemos ver aqui são tutores bastante interessados em cuidar da saúde de seus animais, e com isso a cidade toda só tem a ganhar. Estamos avaliando cada caso de forma minuciosa, para que todos os cães e gatos saiam daqui bem assistidos e seus tutores cientes da responsabilidade pelos seus animais”, explicou o veterinário Fábio Amâncio.

Ao todo foram disponibilizados 200 vermífugos e 100 vacinas anti-rábicas para os atendimentos. Os profissionais aplicaram ainda carrapaticida em todos os animais que foram submetidos as avaliações médicas.

A ação contou com a fiscalização do Conselho Regional de Medicina Veterinária de Sergipe (CRMV/SE).

J. Sousa

Your email address will not be published. Required fields are marked *

big banner