• Hoje: sexta-feira, dezembro 15, 2017

Audiência Pública discute melhorias na área da segurança pública em São Cristóvão

DSC_2841
Redação Rw News
novembro30/ 2017

Foi realizada na noite da última terça-feira (28), uma Audiência Pública para tratar sobre a segurança pública no município. Autoridades políticas e militares, juntamente com a sociedade civil organizada, debateram melhorias para o setor.

 

Durante a Audiência Pública, realizada no Auditório da Câmara Municipal de Vereadores que fica localizada à Rua Ivo do Prado no centro do município, a sociedade se manifestou relatando os problemas existentes na cidade no tocante a falta de segurança, como também apresentou algumas sugestões que possam diretamente diminuir a criminalidade na cidade.

 

Depois de encerrada a Cessão deu-se início a Audiência Pública. Para compor a mesa de discursão foram convidados pela deputada estadual Silvia Fontes, o prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana, a coordenadora das Delegacias da Capital, delegada Dr. Viviane Pessoa, que representou o secretário de Estado da Segurança Pública, João Eloy, e a Delegada Geral Dr. Catarina Feitosa, o comandante da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar (1ª CIPM), major Marcos Aurélio Viana, representando o comandante Geral da Polícia Militar, Marconi Cabral, e o presidente da Comissão de Segurança Pública da Alese, deputado estadual Samuel Barreto.

 

coordenadora das Delegacias da Capital, Viviane Pessoa. Foto: J.Sousa
coordenadora das Delegacias da Capital, Viviane Pessoa. Foto: J.Sousa

 

A coordenadora das Delegacias da Capital, Viviane Pessoa, após agradecer o convite enalteceu a importância de se ter o contato com a população. “Então ouvir as demandas da população e daqueles que os representam é um guia para que a gente possa fazer um planejamento dentro do que é esperado por vocês. O planejamento passa pelo o que a sociedade anseia; o que é que aflige a população de São Cristóvão hoje? E a gente tem também que informa o que a gente estamos fazendo, para que a gente possa resgatar a sensação de segurança”. Destacou a coordenadora.

 

Logo em seguida a coordenadora Viviane apresentou as ações adotadas pela Secretaria da Segurança pública em todo o estado.

 

Comandante da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar (1ª CIPM), major Marcos Aurélio Viana. Foto: J. Sousa
Comandante da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar (1ª CIPM), major Marcos Aurélio Viana. Foto: J. Sousa

 

O comandante da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar (1ª CIPM), major Marcos Aurélio Viana, ressaltou que a violência crescente não é algo que se verifica só em São Cristóvão ou em Socorro, é uma tendência no Brasil inteiro. “A polícia militar aqui dentro da região da qual eu comando, especificamente São Cristóvão e Itaporanga, a gente observa o seguinte: o planejamento está sendo feito pelo comando juntamente com a própria policia civil, e ele funciona bem aqui na área”. Disse o major

 

Entre outras ações realizadas pela 1ª CIPM, o major Aurélio destacou o reforço na segurança pública. “A gente estamos com reforço policial em toda área, mesmo com o efetivo reduzido que nós temos aqui, nós temos reforço da Força Nacional, nós temos reforço da Rádio Patrulha, temos reforço do Batalhão de Choque”.

 

Ainda segundo o major, são varias ações que estão sendo implementadas em São Cristóvão, é visível às ações que a polícia militar está executando aqui na área.

 

Presidente da Comissão de Segurança Pública da Alese, o deputado estadual Samuel Barreto. Foto: J. Sousa
Presidente da Comissão de Segurança Pública da Alese, o deputado estadual Samuel Barreto. Foto: J. Sousa

 

O presidente da Comissão de Segurança Pública da Alese, o deputado estadual Samuel Barreto, fez uma analogia ao se referir que, “Eu tenho me debruçado muito sobre como resolver o problema da violência, causas pra chegar a essa violência que nós temos hoje eu tenho debatido muito. Por exemplo, em 1970 o Brasil tinha exatamente 35 mil detentos, o Brasil inteiro tinha 35 mil pessoas na cadeia. De 1970 (com 90 milhões de brasileiros) pra data atual, nós passamos para 210 milhões de habitantes, então nós crescemos em torno de 120%, a população do Brasil. Aí a população carcerária saiu de 35 mil para 700 mil presos no Brasil hoje, aonde erramos?, O efetivo da polícia nesse período em que a população cresceu 120%, a polícia cresceu em torno de 300%, mais que o dobro. Aonde erramos? Qual foi a grande situação que aconteceu pra essa violência aumentar?”.

 

Sobre uma das causas do aumento da violência, o deputado Samuel ressaltou como base a desestruturação da família brasileira. “O que você está fazendo e falando para o seu filho? O que você está fazendo e falando para o seu neto? Como você está conversando com sua família em casa? Será que no dia de domingo você reúne a família para discutir? Será que ainda existe família em sua casa? Será se efetivamente nós temos família hoje nesse país? Ou já foi corrompida? Quer seja pela televisão, que seja pelo trabalho, a mulher não trabalhava começou a trabalhar desenvolveu o homem trabalha aí o filho fica só em casa sozinho, às vezes com uma empregada, quando não, joga no colégio que o colégio resolva! Então o que podemos fazer para salvar as futuras gerações? Esse guri que está com dez anos pra traz que não conheceu as drogas? O que é que você está fazendo hoje?”. Disse o deputado Samuel.

 

O deputado falou ainda da importância de se conversar com os filhos ensinando-os a respeitar os pais obedecê-los. Falou ainda que os pais devem ter um diálogo com os filhos mostrando à eles os efeitos causados pelas drogas.

 

Prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana. Foto: J. Sousa
Prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana. Foto: J. Sousa

 

O prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana, destacou a importância de se existir audiências como a realizada. Sobre a presença da polícia em São Cristóvão o prefeito disse que “a atuação dos órgãos de segurança, polícia militar e polícia civil de São Cristóvão, têm sido presente, têm sido brilhante, eu tenho sentido, eu tenho observado, eu moro na minha cidade eu ando a pé na minha cidade, eu saiu para trabalhar e a polícia militar está presente de forma ostensiva”. Disse Marcos

 

O prefeito informou, de antemão aos presentes, sobre duas ações que a sua gestão tomará para auxiliar as força de segurança e garantir a segurança pública em São Cristóvão. “…eu enquanto prefeito tenho a obrigação, obrigação, de iluminar a cidade, de adquirir equipamentos, e vamos fazer! Vamos colocar câmara em todos os centros comercial, no Eduardo Gomes, no Roza Elze, aqui na sede do município, e não vamos ficar com essas imagens, essas imagens vão ser entregues a quem entende disso, é a policia. Nós vamos equipar as ruas com câmeras e o centro de imagens vai fica no CISP, essa é a nossa proposta. No segundo semestre de 2018 nós vamos realizar, capitão Samuel, concurso da guarda municipal, é forma de contribuir para a segurança pública aqui em São Cristóvão”. Ressaltou Marcos.

 

Em entrevista exclusiva a RW NEWS, a delegada Dr. Viviane Pessoa, falou sobre as delegacias de São Cristóvão:

 

Delegada Dr. Viviane Pessoa, falou sobre as delegacias de São Cristóvão. Foto: J. Sousa
Delegada Dr. Viviane Pessoa, falou sobre as delegacias de São Cristóvão. Foto: J. Sousa

 

“Bem nós estamos esperando a nomeações de novos policiais e com isso a gente vai poder incrementar o trabalho de investigação nas delegacias de São Cristóvão. Mas hoje a gente já faz um trabalho integrado com a polícia militar identificando as áreas que precisam de reforços e com base nesse estudo a polícia militar tem saturado essas áreas. Estamos também com trabalhos operacionais com o Departamento de Homicídios e o Departamento de Narcóticos, e com isso a gente tem conseguido trazer um resultado positivo para São Cristóvão, que pouco a pouco tem trazido índices de redução, ainda não são os índices que nós almejamos, mas a gente já vê que já inicia uma redução, e esperamos estar neste caminho alcançado marcas melhores e trazendo mais tranquilidade para a população de São Cristóvão”. Disse ela

 

Sobre a audiência pública a delegada Dr. Viviane falou:

 

“A audiência pública, ela abre a oportunidade não só dos vereadores que representam a sociedade de São Cristóvão, como também da própria população ter uma interlocução direta com a secretaria de segurança, com as força de seguranças, com a polícia civil e a policia militar, quando a gente houve da própria população, quais são os seus anseios, o nosso planejamento consegue alcançar um resultado mais satisfatório, porque a gente faz um planejamento dentro do que é esperado pela população. Então a audiência pública tanto serve para a gente trazer informações pra população para seus representantes como também serve pra que nós possamos levar demandas para secretaria de segurança para atender a essa comunidade. Ressaltou a delegada.

 

Em entrevista exclusiva a RW NEWS, a deputada estadual Silvia Fontes, falou sobre o objetivo da Audiência Pública em São Cristóvão:

 

Deputada estadual Silvia Fontes, falou sobre o objetivo da Audiência Pública em São Cristóvão. Foto: J. Sousa
Deputada estadual Silvia Fontes, falou sobre o objetivo da Audiência Pública em São Cristóvão. Foto: J. Sousa

 

“A audiência pública tem como objetivo ouvir os convidados, que aqui foi uma audiência sobre segurança pública, então nós trouxemos aqui representante da policia militar, representante da policia civil, representante da secretaria de segurança pública, ouvi-los e também eles ouvir a comunidade. Para os clamores da comunidade cheguem até esses órgãos da segurança publica e que haja uma troca de informações não só para que a sociedade saiba o que esta sendo feito o que está sendo realizado em estratégia em operações, mas também que a própria policia entenda e compreenda o clamor da sociedade em pedir que tenha ao menos a sensação de segurança pública. Quando tem essa sensação de segurança pública o marginal não tem coragem de botar a cara, ele não tem coragem de ir em frente, então isso é necessário também e estreitar essa relação. Como aqui bem foi dito, muitos deixaram de fazer os seus B.O.s as suas denuncias porque desacreditou na policia, nos não podemos desacreditar na policia se não está a contento se não estar como nos queríamos, mas deixar de acreditar nela é pior ainda. Precisamos acreditar sim incentivar cada vez mais esse grandes heróis que estão aí diariamente em combate para nos trazer a segurança”. Disse ela.

 

A deputada falou ainda sobre a importância da família:

 

“Foi dito nessa noite que é preciso também uma participação efetiva da sociedade, é necessário que a gente volte a reestruturar a nossa família que volte haver o respeito dentro de nossas casas que a gente tome conta de nossos filhos. Também é necessário que, politicas públicas neste sentido, seja na educação, seja na segurança publica, que elas sejam reforçadas. A segurança publica só se faz com grande gestão, gestão de governo e também a ajuda da sociedade”. Disse a deputada

 

Fizeram-se presentes também, o vice-prefeito de São Cristóvão, Adilson Júnior, o Dr. Joel Ferreira, delegado da 12ª Delegacia Metropolitana, vereadores, Paulo Júnior, Djalma Santana, Vanderlan Nego, Irmão Lilo, Morgan Prado, Irmão Gibson, representantes de Conselhos Comunitários de Segurança Pública de São Cristóvão e Socorro.

 

CLIQUE AQUI! para ouvir o áudio da Audiência Pública sobre Segurança Pública que foi realizado no último dia 28:

 

Por J. Sousa

Redação Rw News

Your email address will not be published. Required fields are marked *

big banner