• Hoje: segunda-feira, dezembro 11, 2017

Acelerador linear está em fase de testes no Huse

Geraldo Pires Fotógrafo da ASCOM SES (79) 99811-8111 e  Whatsapp 99144-9900
Redação Rw News
novembro10/ 2017

Aparelho já está instalado e passa agora pela fase de comissionamento, que deve durar, em média, 15 dias

 

As medidas tomadas pelo governo do Estado para melhorar o atendimento aos pacientes com câncer de Sergipe não param. O acelerador linear que vai ampliar a radioterapia do Hospital de Urgências de Sergipe (Huse) e, consequentemente, zerar a fila existente, já está instalado e passa agora pela fase de comissionamento do aparelho (testes feitos para comprovar se a máquina está dentro das normas de segurança e funcionando perfeitamente), que deve durar, em média, 15 dias, como explica a física-médica Katiúcia Santana Bomfim, supervisora em Radioproteção do hospital.

 

“A instalação mecânica e elétrica do acelerador linear se encerrou no dia 31 de outubro e agora estamos na fase de comissionamento do aparelho. Já no dia 13 de dezembro se inicia o treinamento dos físicos-médicos e técnicos em radioterapia que irão operar o equipamento”, conta.

 

Em seguida, de acordo com ela, a nova radioterapia receberá a visita dos órgãos regulamentadores que irão avaliar o equipamento, a exemplo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN). Após a aprovação dos órgãos, começarão os atendimentos aos pacientes da Oncologia.

 

“Os serviços estão andando dentro do previsto e assim que os órgãos regulamentadores avaliarem o acelerador linear, fizeram a aprovação do equipamento e constatarmos que o aparelho está funcionando de maneira correta, iniciaremos, de forma gradativa, os atendimentos aos pacientes”, afirma Katiúcia.

 

Acelerador linear

O aparelho é um acelerador linear CX da Varian, com duas energias de fótons (para tumores mais profundos) e cinco energias de elétrons (para tumores mais superficiais). “O Huse já tem um acelerador em uso e com este novo equipamento de radioterapia duplicaremos a oferta do serviço, beneficiando mais pacientes”, ressalta a física-médica.

 

Da Redação com ASN

Redação Rw News

Your email address will not be published. Required fields are marked *

big banner